quinta-feira, 20 de março de 2014

Roupa de grávida

Na primeira gravidez sentia-me uma máquina de lavar loiça. Engordei muito, passei o Inverno grávida e a roupa era sempre a mesma, sem gracinha nenhuma. Não queria gastar muito dinheiro em roupa de grávida que depois ficasse guardada por tempo indeterminado. Alternava entre 2/3 calças de ganga, umas quantas camisolas de malhinha e pronto. Ainda vesti alguns vestidos, mas começaram a ficar muito curtos com o tamanho da barriga.
 
(o mesmo vestido em 3 fases diferentes - não grávida, grávida de 25 semanas, grávida de 30 e tal semanas) 
 
 
Agora vai ter que ser diferente. Vou passar o Verão grávida e não vou conseguir usar calças de ganga (com certeza) nem coisas muito apertadas. Acho que as leggings vão ser as minhas melhores amigas e não tenho medo de comprar t-shirts e camisas compridas, pois vestem-se em qualquer altura.
Acho que também vou usar calças de tecido leve, largas e confortáveis.
Saias e vestidos, só compridos e fora do trabalho. Não tenho nem nunca tive pernas para saias, pois, apesar de não ser gorda, tenho umas pernas grossas e muito feias. No máximo visto saias pelos joelhos ou com collants opacos (no Inverno, claro).

2 comentários:

M♥M Susana disse...

terminar uma gravidez em pleno inverno deve de ser tão complicado ter o que vestir, eu actualmente já nem consigo fechar a grande maioria dos meus casacos de meia estação, quanto mais os de inverno e chuva... No verão sempre podemos andar mais à vontade mas digo-te que uiiii não é fácil, esta gravidez calhou-me exactamente na mesma altura da 1ª e o verão de barriga grande não é nada fácil, sem esquecer o inchaço nos pés e tornozelos...
Beijinho

Ana disse...

Eu passei a gravidez do Afonso quase toda no Inverno e tinha o problema de ter pouca roupa, mas os casacos andavam sempre abertos e pronto.

Eu já passo mal com o calor não estando grávida. Grávida vai ser o terror. Enfim, há que aguentar...