quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Diz que é virose

Deitou-me abaixo com desarranjos vários e já está a deitar o marido também. 

Esperemos que o Afonso seja poupado, que isto é uma merda.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Maldita Sinusite

Está um dia gelado frio e está um vento gelado. Condições ideais para a porra da sinusite atacar em força. 

O nariz dói, dói a cabeça e já me custa a abrir os olhos.

Porra!!!

Chegou o frio

E eu sou pessoa que sofre de frio. 

Tenho frio nos pés, tenho frio nas mãos, tenho frio nas pernas, já tenho tido frieiras (horrível), tenho má circulação (especialmente com o frio), tremo e bato o dente se sinto frio. Assim, o expoente máximo de uma pessoa que sofre de frio agudo.

(Tenho saudades dos calores da gravidez)

Quando está frio desejo em banho quente e um pijama quentinho.
Desejo casacos quentinhos, luvas, gorros, tudo o que tape e aqueça. 
Quando estou parada, tenho que ter um aquecedor nos pés. 

Ainda não vesti nenhum casaco este ano. Ainda não tinha feito falta.
Mas hoje só penso em casacos e botas, em meias de lã.

Em casa tenho este menino a estrear (mas não vai ser para vir trabalhar).
É muito giro e bem quentinho. Não é muito comprido e não me faz parecer uma meia-leca.


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Parece que estamos a trabalhar às 3 da manhã. 

Só as luzes nos iluminam, as janelas estão escuras, paira um silêncio nocturno e o sono vê-se em cada cara. 

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Afinal faz-me a 39€. 
8h a 39€? 

I'm out!

Zumba

Ontem foi dia de experimentar uma aula de Zumba. 

Aquilo foi feito para mim!

Cheia de ritmo, muita dança, saltos, animação, transpiração e sensação de que estive uma hora a fazer qualquer coisa de jeito. As coreografias apanham-se bem, mas têm a sua dificuldade.

O problema é o preço. Como as aulas são num ginásio, cobram a mensalidade em livre trânsito, mesmo se só for a uma ou duas aulas. 
50 euros por duas horas por semana, 8 horas por mês? WTF?

Fiquei de falar com o patrão (foi o que a rapariga da recepção me disse para fazer) e saber os preços com ele. Estou disposta a dar até 30€. Se não der, voltamos às corridas (ui!).

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Porque, também, é dela que se fala hoje

Acho-a bonita, jovial, elegante, normal.

Não a acho parecida à Diana e ainda bem. 
Parece-me que é bem resolvida e que ama o marido e a vida de mãe. 

Parece-me uma de nós.





Acabei de despachar uma tablete de Milka Oreo inteirinha.

Gorda!

Entaladinho

A quarta-feira é conhecida, por estas bandas (dentro da minha empresa), como Entaladinho.
Fica ali no meio, não é princípio nem fim da semana, custa a passar e tem direito a alcunha.

Tomara já que passe o Entaladinho!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Tenho que trocar os sapatos por uma botas, que já não dá para fingir que estamos num outono com temperaturas e sol de Primavera.

Arrumação da trapagem

Por trapagem digo roupa.

No fim de semana pus mãos à obra e dei volta a tudo (quase). Passei e arrumei a roupa toda, mudei a localização e a disposição da mesma.

  • Calças deitadinhas no roupeiro, em pilha, as do marido de um lado e as minhas de outro.
  • Camisas todas penduradas em cabides, uma a uma, para chegar, ver o que tenho e não desarrumar a "vizinha".
  • Camisolas nas gavetas da cómoda, separadas por categorias: camisolas de vestir por baixo (alças e assim) e t-shirts, camisas e túnicas menos finas (e que se enrolam menos), camisolas de meia estação, camisolas mais grossas e casaquinhos.
  • Roupa de andar por casa ou de desporto numa caixa de plástico com etiqueta, pijamas noutra.
Ficou tudo muito lindo e muito mais funcional. Agora sei o que tenho no roupeiro e o que preciso.

Tenho um saco cheio de roupa para deitar fora e um cheio de roupa para dar.
Ainda levava outra volta, mas quero ver o que visto da roupa de Inverno antes de a pôr fora de casa.


São 8 e tal da manhã e parece de noite. Chove a cântaros. Está frio e eu tenho sono.

És tu, Inverno?

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

17 meses

A minha cagaita já tem 17 meses. 
Corre como um doido, fez asneiras com intenção, zanga-se, ri feito maluquinho, é cúmplice, traz-nos o que lhe pedimos, conversa numa língua que ninguém percebe, aprendeu a dar gritinhos estéricos que nos fazem rir à gargalhada (e a ele também). 

O meu bebé é agora um menino lindo. Amo-o com todo o coração.

O meu nome é Ana

Este blog é importante para mim. Como diz o nome, precisava de ter uma forma de me expressar, de desabafar, de ter o meu espaço quando o criei.
O blog trouxe-me a possibilidade de dizer aquilo que me apetece, de contar o que me vai na alma. E, às vezes, não vai nada...

Durante o dia penso em muita coisa que aqui gostava de escrever, mas não o escrevo. São coisas banais, sem grande sentimento. 

Se for "espremer" a minha vida, chego a uma vida feliz, com as mesmas preocupações todos os dias, com o coração preenchido (ao contrário de como o tinha quando criei o blog e não conseguia realizar o sonho de ser mãe), sem grandes teorias ou pensamentos que possam interessar a alguém. 

Tenho pena. 
Gostava de vos encher de coisas fantásticas, gostava que tivessem vontade de abrir o meu blog só para verem as novidades. Gostava que pensassem na "Happy" como alguém importante no vosso dia, porque vos fez rir, ou chorar, ou vos deu uma boa ideia ou uma novidade. Não consigo. Sou apenas mais uma mulher, sem uma boa máquina fotográfica e sem ideias. 

Sou a Ana.

"Happy", nome que usei por ser a minha ambição. Queria ser Happy. Hoje sinto-me feliz, com altos e baixos, mas com uma vida boa. 
E hoje, como há 28 anos, chamo-me Ana. E vou mostrar-vos mais o dia a dia de mais uma mulher como vós.

Muito gosto!
Começar a semana com um desarranjo intestinal grave é F*****!

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Eu adoro de pão sem nada!

Era isto.

E já lá vão 3!

Noites em que o Afonso não acorda.
Há que comemorar cada uma, minha gente. 

Há muuuuitos meses que não durmo a noite toda e cada noite em que acordo e adormeço sem ter que me levantar da cama é um motivo para comemoração.

Até porque muda a qualquer momento!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A Simpatia é:


  • Gratuita, mesmo em tempos de crise;
  • Fácil, basta um sorriso;
  • Melhora a vida das pessoas (as que são simpáticas e as que recebem a simpatia);
  • Rara!
Mas porque é que só me calham estúpidos antipáticos ao telefone? 

Eu sou uma pessoa simpática, que sou. Acredito no sorriso, acredito que podemos resolver as coisas mais facilmente quando há bom ambiente.

Queremos Simpatia! Queremos Simpatia! Queremos Simpatia!!!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Mudei

A partir de hoje (e hoje já contou), vou passar a arranjar-me melhor para vir trabalhar.

Trabalho numa fábrica, ando de bata o dia inteiro e não tenho vontade de me arranjar. Fico com o cheiro do trabalho demasiado entranhado na roupa e não gosto de trazer certas peças para cá. 

Mas, de que me adianta ter roupa gira se não a visto quase nunca?

Não vou andar de vestidinhos de cerimónia, nem sequer de lantejoulas, mas vou vestir as minhas camisas de cetim, calças de tecido e aquilo que me der vontade, como se não viesse trabalhar. 

Depois de lavado, está como novo.




IUPI!!!

O Afonso dormiu a noite inteirinha!!!

Como é uma raridade, há que celebrar. 

Se fosse no Facebook escreveria "a sentir-se descansada...:D"

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Tenho um Rolls Royce (estou maluca)

Em forma de Ferro de engomar...



Tinha um ferro quase de brincar, que demorava meia hora a passar, mais ou menos, umas calças de ganga. Eu não sabia que havia algo melhor...
Nos últimos tempos tive que passar umas peças de roupa em casa da sogra e em casa da minha irmã e pensei "Eh lá, que isto é diferente!".

No sábado lá fui comprar um ferro de adulto e estou maravilhada. Tornei-me em dona de casa perfeita (pelo menos no que toca à roupa, o meu calcanhar de Aquiles).

Domingo à tarde, enquanto o Afonso dormiu a sesta, passei TOOODA a roupa que estava à minha espera (não, eu não GOSTAVA de passar a ferro).
Ah, o meu filho não hibernou.

Demoro 1 minuto a passar uma t-shirt, 2 a passar umas calças de ganga, mesmo que estejam muito ressequidas e enrugadas.
A diferença é gigante. Só tenho vontade de passar a ferro. A principal diferença está no vapor, em quantidade e em temperatura. É demais!

P.S.1 - A camisola branca não estava passada a ferro, estava só dobrada
P.S.2 - A cama horrorosa é do quarto das visitas e já vinha com a casa...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Desmame nocturno

Para já, fracassámos.

Durante duas semanas resultou muito bem, o Afonso dormiu as 7 horas de seguida a maior parte das noites e foi bastante fácil. Até chegou a dormir a noite inteira.

Agora voltou a acordar quase de hora a hora. Esta noite foi mais uma e não deu para evitar. O marido deu-me um grito (sim, às 3 e tal da manhã) para eu ir lá. Ele já estava passado por o miúdo me querer e chorar e pedir para ir para a porta. Eu estava destroçada com o choro dele e quando o pus ao colo e calou-se e fechou os olhinhos. Pensei que me tinha safado (que ele ia dormir), mas não. Começou a pedir maminha e eu não resisti àquele dedinho apontado para a mama e a vozinha dele "hum, hum...".

Estamos cansados. Voltámos a discutir à noite e a dizer "mas o que é que ele tem?".

Esta semana vou deixar passar, mas para a semana voltamos com o desmame. Ele anda irritado por causa dos dentes, custa muito a comer e dorme mal. Vou dar miminhos, maminha e deitá-lo mais tempo comigo. 

Já enxuguei as lágrimas

Afinal não é assim tão mau não ficar com aquela casa, há mais, muitas mais, há venda, a melhores preços e até podem ser melhores.

Precisei de apanhar ar e de ver muitas casas lindas na net para recuperar.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Ontem conheci uma casa que não vai ser minha

É cara demais para o meu bolso, a proposta que tinha em mente fica muito pesada na minha carteira e não me apetece andar a contar tostões sem necessidade. 

Tenho um tecto, bonzinho, e não me vou lamentar por "perder" uma casa de sonho. 

Outra virão e uma há-de ser minha...

(post escrito com o coração em frangalhos...)

Ontem conheci a minha casa

É linda! Fiquei, literalmente, sem fôlego. 

Foi uma sensação muito estranha, ficar com a respiração de quem se apaixonou perdidamente. Está encalhada porque é muito cara, mas eu vou arriscar. Vou falar com o banco e vou fazer uma proposta ao construtor muito abaixo do que ele pede, mas que está dentro dos valores de mercado actual. 

Até o Afonso gostou. Acho que é um bom presságio...

Só vos digo, ali eu era feliz!

Se for minha mostro-vos tudo.
A SIC tem as Sextas-feiras mágicas, eu tenho as Quartas-feiras loucas...

Trabalho até aos olhos. Quase literalmente...

terça-feira, 8 de outubro de 2013

O meu trabalho

Acabei de embalar o meu melhor produto. 

É de deixar água na boca a qualquer um, não há melhor, garanto. 

Mas eu estou enjoadinha até aos olhos. Seria a minha pior cliente. Tenho o cheiro entranhado na roupa, nas mãos, no computador, nos papéis, no corpo, na alma. 


Casa Própria II

A outra que fui ver era uma bosta, muito pequena e com uma construção de meter medo.

Hoje vou ver outra. Sei que está encalhada mas é um T3 muuuuuuiito bom. Vamos lá ver o balúrdio que me pedem por ela. 

Entre não ganhar nada ou ganhar menos do que se quer, eu ficava com o menos. Esperemos que o construtor também pense assim...
Estou com conjuntivite alérgica, o que me permite sair da creche com as lágrimas a correr e dizer "estou pior dos olhos".

O Afonso ficou a chorar... e eu estou com conjuntivite.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

É vício de boca

Dizem que os fumadores têm vício de boca e que a maior necessidade é terem o cigarro na boca. 

Eu tenho vício de boca com a comida. 

Estou neste momento a comer umas bolachas e não tenho fome, mas tenho uma vontade do tamanho do mundo de mastigar.

E agora? Acupunctura? 

Fomos de fim de semana

E descobrimos que tínhamos ficado melhor em casa.

O hotel era bom, o tempo estava óptimo, mas passar um fim de semana num hotel com um bebé de 16 meses é sinónimo de irritação, stress e nenhum romantismo.

Decidimos não voltar a marcar nada do género porque não resulta. Chegar a casa foi um alívio e voltámos a ficar bem... Parece estúpido, mas quem tem filhos pequenos deve compreender.

Quando o Afonso for maiorzinho, marcamos um fim de semana (um dia, vá) e vamos namorar, dormir, dar banhos de piscina, só os dois.

Oficialmente de Dieta!

Engordei 18 kg na gravidez!

Ao fim de 10 meses estava igual ao antes. Como? Não sei. Sempre amamentei e o trabalho puxa um bocado por mim. Não fiz dieta absolutamente nenhuma, não alterei nadinha nos meus hábitos alimentares e emagreci. parece que demorou muito tempo, mas o meu corpo estava tão diferente que au nunca acreditei que fosse possível.
Tenho sido feliz com o meu corpo pós-parto, com as suas diferenças, está muito bom. 

Por esta sorte do catano, desleixei-me.

Não engordei mais que um kg, mas sinto que estou a abusar da sorte. Como chocolates que nem uma alarve, estou sempre cheia de fome e sinto que o corpo está a ficar mais "inchadinho".

Por isso começa hoje! Estou de dieta. 
Durante o da não me vou preocupar muito, mas à noite a conversa vai ser outra. Vou fazer companhia ao Afonso nas sopas, vou esquecer que existem umas tabletes magníficas de Chocolate Milka Oreo, vou jantar sem ficar a deitar comida pelos olhos e vou parar de comer nessa altura. 
Sei que não vai ser difícil, pois estou a apanhar a gula numa altura em que o corpo ainda não a mostra muito e vou ficar mesmo em forma. 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Hoje vou para aqui


quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Já almocei

É meio-dia e já cá canta o almocinho.

Próxima objectivo: mudar de roupa no carro em andamento (sim, sou uma maluca), rumar ao primeiro potencial cliente e fechar negócio.


P.S. - Apetece-me uma tablete de Milka Oreo...

Hoje é dia de

Reuniões.
Amostras, preçários, graxa, muita conversa fiada (ou pouca), aperto de mão firme e confiança máxima.

Sim, sou uma empresária do caraças!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Pôr combustível e pagar com moedas é... embaraçoso!

(eram 10€)