quarta-feira, 26 de março de 2014

Parece de propósito

A caminho do hospital, onde estou à espera de ser chamada para fazer a eco, encontrei uma grávida a fumar...
Lembrei-me da Carolina Patricínio e de como as pessoas a criticam por cuidar do corpo e da saúde e há por aí tanta gente a maltratar um ser indefeso sem preocupações.
Lembrei de, quando estive de férias em Cabo Verde e estava a tentar engravidar (sem sucesso), ver uma grávida a emborcar cerveja como gente grande e de ter uma vontade enorme de lhe dar um chapadão nas trombas.

Como é que uma mulher pensa primeiro no seu conforto e vontade do que na saúde e bem-estar do ser que cresce dentro de si?

4 comentários:

M♥M Susana disse...

Pensei que o meu comentário do post anterior tive entrado... Olha Ana, pelos vistos grávidas que fumam podem continuar a fazê-lo mas restringindo o nr de cigarros, quem mo disse foi a enf do CS quando fui á minha 1ª consulta, mas também ninguém pode obrigar uma grávida a não fumar, se assim fosse muitas outras opões da grávida e mãe seriam postas em causa. Mas infelizmente muitas mulheres não sabem respeitar o seu corpo quanto mais os seus bebés...

Ana disse...

Isso é conversa do passado!
Hoje em dia sabe-se que cada cigarro conta, e muito, para os problemas na gravidez e mesmo depois do nascimento. O tabaco é responsável por muitas má-formações do feto, pelo envelhecimento da placenta, por partos prematuros, por bebés de baixo peso à nascença, por bebés com problemas respiratórios graves, entre muitos outros.
Antigamente dizia-se que era melhor a grávida fumar dois ou três cigarros por dia para não ficar ansiosa, hoje em dia sabe-se que a ansiedade pela abstinência de tabaco é menos grave que as consequências dos 2/3 cigarros por dia.

É claro que a grávida decide o que faz durante a gravidez, mas é falta de responsabilidade e, principalmente, muito egoísmo.

Marisa Valadas disse...

Parece inacreditável!
Uma amiga minha no inicio do ano deixou de fumar (já fuma há mais de 10 anos) exactamente por querer engravidar.

Ana disse...

A tua amiga é uma pessoa responsável. Infelizmente, não são todas assim...