sexta-feira, 16 de maio de 2014

Bom dia!

Ontem lavei a alma (de tanta lágrima) e decidi que me vou preocupar comigo e com os meus (marido e filhos). A família é toda importante, mas não me pode preocupar ao ponto de deixar de pensar em mim.
Adoro a minha irmã, mas adoro-me mais a mim. Não quero separar-me dela, mas não vou permitir que os demónios da cabeça dela atormentem a minha. Tem problemas, resolva-os, já que não quer a minha ajuda.
Pôr os pontos nos is quando for oportuno e separar as águas. Somos sócias e irmãs, podemos vir a deixar de ser sócias, mas nunca de ser irmãs.

1 comentário:

M♥M Susana disse...

Isso é que é falar ;o) ! Bom dia ;o)