quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Consulta do 1º Mês

Temos um Manel com 3.960kg (mais 1.010kg que ao nascimento) e 51cm. Tudo muito bem no que toca à observação.
Mas o Manel sofre de refluxo.

Descobri este problema há pouco tempo num blog que sigo assiduamente, Alma de mãe.
 
Há umas 2 semanas o Manel começou a bolçar em grande quantidade (altura em que a quantidade ingerida aumentou), principalmente depois de arrotar. Vinha o ar e o leite todo. Quando adormecia a mamar era tranquilo, sem saídas de leite. Todos os dias o via engordar e não fiquei muito preocupada, mas fiquei com a pulga atrás da orelha.
Experimentei a fazer os procedimentos que se devem fazer a um bebé com refluxo (posição de mamar e após mamada verticalizada) e resultaram. Voltava ao normal e ele voltava a bolçar muito, não "queijinho", leite.
 
Ontem foi a primeira pergunta que fiz ao Pediatra, com esperança que ele desvalorizasse, pois tenho um bebé gordinho. Mas não. Valorizou e foi bem claro que não ia fazer nada para já porque eu lhe dizia que o posicionamento resultava e porque o bebé estava a aumentar bem. Se o problema agravar ou deixarem de resultar as técnicas aplicadas temos que ir fazer uma ecografia com pesquisa de refluxo e mostrar-lhe imediatamente. Deu-me logo o papel com a indicação e tudo. A cama é para ficar bem inclinada, pois o refluxo pode ser "silencioso".
Segundo ele, este problema deve ser medicado com um químico que acelera a digestão, mas que não é inócuo, e por isso de evitar. Não me falou em substituição de leite materno por leite artificial, nem em espessamento do leite materno, pois diz que é um problema funcional e que deve ser tratado como tal.
Diz que, normalmente, aos 6 meses passa, pois o esfíncter esofágico amadurece por essa altura.
 
O meu coração de mãe ficou em fanicos, passei a noite em sobressalto e estou super ansiosa. Esperemos que resulte só com o posicionamento. 

4 comentários:

Kuski disse...

A minha filha tb tinha e resolveu-se apenas com o levantar da cabeceira da cama.
Calma :)
A pediatra tb chegou a falar em exoraria, mas nem isso foi necessário :)
As melhoras.

M♥M Susana disse...

Que o Manel consigo superar o refluxo apenas melhorando a postura depois da mamada. Não que eu seja contra a quem opta pelo LA ou espessante de leites mas vendo o bebé a engordar o refluxo não deve de ser tão 'dramatizado'. Se faz parte da imaturidade deles há que tentar colmatar o problema para minimizar o problema. Mau seria se engordasse pouco ou mesmo nada. O A. começou a bolsar não muito à poucos dias e noto que tem bolsado porque tenho dado mama mais amiude para o acalmar - a barriguinha dele às vezes parece uma orquestra - se espaço mais as mamadas a coisa tende a melhorar, bom mesmo é eles não chorarem e o meu quando começa já parece rouco e nem xuxas lhe valem, só mesmo a minha mama ou por vezes o sling...
Beijinho

Ana disse...

Que bom Kuski. Espero que aqui também seja suficiente. A verdade é que por agora resulta muito bem.
Bjinhos

Ana disse...

Susana, por aqui é igual. A mama acalma-o e depois bolça ainda mais...
Eu fiquei muito aflita foi com as possíveis consequências do refluxo, de que o Pedi não falou mas que já pesquisei: Bronquites graves, maior risco de SMS...

Enfim, é esperar que passe e que não seja preciso mais nada.

Bjinhos ao André e as melhoras.